Biblioteca Sonora

A Biblioteca Sonora da Biblioteca Pública Municipal do Porto foi oficialmente inaugurada a 16 de março de 1972, inspirada na experiência da Students Tape Library do Royal National Institute for the Blind (Reino Unido). Pioneira no País, teve e continua a ter por missão proporcionar gratuitamente aos cidadãos portadores de deficiência visual (cegos e amblíopes) uma alternativa preferencial - leitura gravada nas suas componentes de produção e de distribuição - relativamente aos documentos originais existentes em suporte gráfico. Serviço público de manifesto alcance e utilidade social e contribuindo expressivamente para a formação e inclusão do seu público-alvo, a locução das obras gravadas na Biblioteca Sonora é atualmente realizada por locutores voluntários cujo contributo é fundamental para o funcionamento do serviço.

A Biblioteca Sonora da Biblioteca Pública Municipal do Porto serve, direta e indiretamente, largas centenas de utilizadores que se distribuem por espaços geográficos que em muito transcedem os limites da cidade do Porto e da região Norte. Com efeito, os livros gravados são utilizados em todo o território continental, regiões autónomas e, mesmo, no estrangeiro. De entre os organismos que regularmente recorrem a este serviço sobressaem bibliotecas, associações socioculturais, centros de reabilitação, escolas e equipas de apoio educativo, serviços de apoio a estudantes universitários, entidades de países de expressão oficial portuguesa, etc. Os utentes individuais da Biblioteca Sonora distribuem-se por todas as faixas etárias, pelos diversos níveis de ensino e por profissões variadas.

  • Áudio-Livros

    Desenvolvendo, há mais de 40 anos, atividades de gravação e distribuição de fonogramas não musicais - livros falados ou áudio livros - reconhecidas pela comunidade de cegos e amblíopes, a grande maioria da coleção de fonogramas da Biblioteca Sonora encontra-se ainda em suporte analógico-magnético (cassetes áudio de 90m), não obstante o processo de captação e gravação áudio ser, atualmente e desde 2008, totalmente digital. Presentemente, o acervo ascendo a cerca de 6 000 títulos, correspondendo a mais de 40 000 horas de som, gravados diretamente pela Biblioteca Sonora da Biblioteca Pública Municipal do Porto. Pontualmente, existem também áudio livros editados comercialmente, livros gravados com permissão do(s) dententor(es) dos direitos e gravação de obras já caídas em domínio público. Em termos genéricos, estão abrangidas praticamente todas as grandes áreas do conhecimento humano, géneros literários e temáticas com interesse para as diversas faixas etárias. A totalidade da coleção de fonogramas, analógicos e digitais, disponibilizada pela Biblioteca Sonora é pesquisável no Catálogo Público de Acesso em Linha das Bibliotecas Municipais do Porto. O modo mais intuitivo e expedito será pesquisar diretamente no separador 'Àudio e Braille' utilizando um dos vários critérios de seleção e pontos de acesso (palavra-chave, autor, título, assunto, etc.) - Aceder aqui.
    Frise-se que este catálogo coletivo possui também uma versão texto que cumpre as diretivas para a acessibilidade do conteúdo na web - Aceder aqui.
    Complementarmente, a Biblioteca Sonora produz, edita e distribui eletronicamente (versões texto e áudio) um Boletim Bibliofónico e Bibliográfico - Aceder aqui.


    A pré-inscrição como utente individual na Biblioteca Sonora é simples, intuitiva e pode ser efetuada em linha aqui.

  • Apontadores úteis: